Amazon AgroSciences

O que você precisa saber sobre calagem e gessagem

calagem-gessagem

A calagem e a gessagem são práticas de correção do solo muito importantes para todas as plantas cultivadas.

Ambos são manejos feitos em solos ácidos, ou seja, que apresentam pH baixo nos resultados da análise de solo. Essas práticas ajudam no melhor desenvolvimento das raízes e conseguem evitar que os nutrientes fiquem “presos” no solo e não sejam disponibilizados às plantas.

Confira as 5 melhores práticas para o seu cultivo de grãos e cereais.

Solos ácidos prejudicam o desenvolvimento de plantas devido a limitação da disponibilização de boa parte dos nutrientes para a raiz. E um solo ácido influencia diretamente na perda de produtividade. A maioria dos solos brasileiros apresenta essa característica ácida, tornando, assim, a calagem e a gessagem imprescindíveis.

O que é a calagem, para que ela serve?

Calagem é a aplicação de corretivo (calcários, cal, carbonato de cálcio etc.) no solo. Tem o objetivo de neutralizar o alumínio, que é tóxico para as plantas. Os principais objetivos da calagem são:

● eliminar a acidez do solo;
● fornecer suprimento de cálcio e magnésio às plantas.

O cálcio estimula o crescimento das raízes e, portanto, com a calagem ocorre o aumento do sistema radicular e uma maior exploração da água e dos nutrientes do solo, podendo até auxiliar a planta na tolerância à seca. A calagem ainda tem outros benefícios, como: 

● aumenta a disponibilidade de fósforo para as plantas;
● aumenta a mineralização da matéria orgânica, havendo maior disponibilidade de nutrientes e fixação biológica de nitrogênio;
● aumenta os agregados do solo;
● diminui a compactação.

Como é feita a calagem?

Cada cultura necessita de uma determinada porcentagem de saturação de bases para se desenvolver e produzir com qualidade. A essa porcentagem, damos o nome de V%, e ela vai medir quanto de íons de alumínio e hidrogênio estão presentes no solo, fazendo com que o solo fique ácido e as plantas possam apresentar fitotoxidez.

Quanto menor o V%, mais desses íons estarão presentes no solo e maior será a quantidade de calcário utilizada para neutralizá-los. O cálculo da necessidade de calagem é realizado da seguinte maneira:

NC = necessidade de calagem, em t ha-1;
CTC = capacidade de troca de cátions, em mmolc dm-3 (fornecida na análise de solo);
V1 = saturação por bases atual do solo, da camada arável de 0–20cm, em %;
V2 = saturação por bases desejada para citros, que é igual a 70%;
PRNT = poder relativo de neutralização total do calcário. 

Depois de calculada a necessidade de calagem, a aplicação no solo deve ser feita em toda a área da lavoura, de 60 a 40 dias antes do plantio da cultura. Esse tempo é necessário para que ocorra o efeito de neutralização da acidez do solo e não atrapalhe as plantas.

Juntamente com a calagem, a gessagem é um manejo do solo que impede que os nutrientes sejam “carregados” (lixiviados), devido à neutralização de formas fitotóxicas do alumínio.

O que é a gessagem, para que ela serve?

A aplicação de gesso agrícola no solo visa fornecer cálcio e enxofre, além de melhorar o ambiente em subsuperfície, ou seja, abaixo dos 20 cm de solo. Devido a fonte de cálcio mais solúvel, o gesso não consegue realizar a neutralização da acidez do solo. No entanto, em solos salinos e sódicos, o gesso é utilizado como corretivo.

O gesso tem uma resposta de melhorador do ambiente radicular, em profundidade. E as pesquisas já comprovaram esse efeito nas culturas como soja, milho e trigo. O gesso possibilita à planta uma melhor distribuição das raízes no solo, podendo aproveitar maior volume de água em épocas de estiagem.

gesso agrícola
Fonte: Embrapa

Raízes mais profundas buscam águas estocadas no solo além dos 40 cm de profundidade. Claro que fatores ligados ao tipo de solo também vão influenciar nessa distribuição de raízes. 

Outro ponto importante é que nesse maior desenvolvimento radicular, além da água, os nutrientes que são facilmente levados para o subsolo, como o nitrogênio, são absorvidos com maior eficiência.

Como é feita a gessagem?

Para realizar a análise do solo e definir a necessidade de gessagem, é preciso fazer uma amostragem do solo nas profundidades de:

● 20 a 40 cm;
● 40 a 60 cm.

Caso haja dificuldade na amostragem indicada, pode-se “amostrar” apenas a camada de 30 a 50 cm. É preciso solicitar, também, a determinação do teor de argila. 

De posse desse valor, o cálculo pode ser feito utilizando as fórmulas abaixo:

D.G. (kg/ha) = 50 x argila (%)

D.G. = dose de gesso agrícola com 15% de enxofre

Com os resultados em mãos, se a saturação de alumínio for maior que 20% ou o teor de cálcio for menor que 0,5 cmolc/dm³, o gesso deve ser usado. A aplicação do gesso deve ser feita após a utilização da calagem. Caso haja dificuldade em incorporar o gesso ao solo, pode-se deixá-lo na superfície.

E, junto dessas práticas, a Amazon AgroSciences desenvolveu um produto fluido para ser aplicado via solo que ajuda na eficácia da calagem e da gessagem.

Amazon AgroSciences potencializando o manejo corretivo do solo

Sabendo da importância da correção do solo e da disponibilização dos nutrientes necessários para a vida das plantas, a Amazon AgroSciences tem em seu portfólio o fertilizante organomineral fluido FUEL BLACK.

O FUEL BLACK ajuda a recuperar os solos com excesso de sais, aumenta a atividade microbiológica do solo e auxilia no aumento da capacidade de troca catiônica (CTC). Potencializando, assim, os manejos da calagem e da gessagem.

A CTC do solo influencia na estabilidade, disponibilidade de nutrientes, pH e reação do solo  com fertilizantes.

O FUEL BLACK aumenta a atividade microbiológica do solo devido a sua excelente relação C/N. Além disso, melhora os processos energéticos dos microrganismos ativando a síntese natural de ácidos orgânicos. 

Na fisiologia das plantas, o fertilizante FUEL BLACK age desintoxicando naturalmente os problemas de fitotoxidade ocasionados por excesso de herbicidas e recupera plantas sob estresse.

Pode-se dizer, ainda, que o FUEL BLACK proporciona a correção das deficiências nutricionais da planta, fornecendo nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, magnésio e ferro para a cultura, o que proporciona uma resposta mais imediata da lavoura.

Deixe um comentário:

Preencha com seus dados para ser avisado(a) quando o lançamento estiver próximo:

Envie seu currículo

Mande seu currículo através do formulário abaixo. Entraremos em contato quando houverem vagas.